Inhame da Madeira

Descrição: Planta da família das Discoreáceas e pertencente à espécie Colocasia antiquorum. As folhas são largas e peninérvias. Possui rizomas alongados, tuberculosos e feculentos, que constituem a parte comestível que é muito apreciada pela população local.

Inhame dos Açores

Descrição: Os inhames que se consomem são os tubérculos da Colocasia antiquorum de Schott ou, segundo Linneu, a Arum colocasia, com tamanhos que vão dos 5 aos 10 cm de diâmetro e um comprimento em regra de cerca de 25 cm.

Massa de Pimentão

Descrição: O produto obtém-se a partir de pimentos bem maduros, escolhidos e bem lavados, aos quais se retiram os pedúnculos e as sementes. Usam-se normalmente para o seu fabrico pimentões das variedades Bola e Catalão. Esta massa diferencia-se das massas de pimentão industriais por a pele fazer parte do produto final e não ser fermentada. Apresenta-se no comércio em boiões de vidro.

Orégão

Descrição: Os Orégãos são os tufos ramificados do Origanum vulgare L. ou do Origanum virens, de cor verde-clara. Apresenta-se no mercado quer sob a forma de ramos quer sob a forma de folhas desfolhadas.

Pasta de Pimenta

Descrição: A Pasta de Pimenta é obtida por esmagamento de pimentos da espécie Capsicum sp., vulgarmente conhecidos por malagueta, oriundos da América Central. São diversas as variedades de pimento cultivadas nos Açores, nomeadamente a gaga e a pequena, esta com sabor picante não muito acentuado. Daqui decorre a consequente variedade das designações, como pimenta malagueta com um sabor muito violento e distinta pelo seu aspecto fino e pontiagudo, a qual também é conhecida por corno de cabra.

Pau de Abóbora

Descrição: A abóbora confitada é feita a partir da abóbora porqueira (Cucurbita pepo L.), também chamada de carneira ou calondro, apresentando-se sob a forma de paus com cerca de 3 cm da largura por 2 cm de espessura e com comprimento entre 15 a 20 cm. O seu peso varia entre 200 a 300 g. Os paus têm uma cor verde-clara, translúcida.