Produtos Tradicionais Portugueses

Produtos Tradicionais Portugueses

Salpicão

Salpicão

Descrição (dimensões, cor, aroma, textura): Cor: sui generius; Aspeto: sui generius; Aroma: sui generius.

Características particulares (sinais que evidenciam a singularidade do produto): Produção manual. Fumeiro artesanal.

Espécies, variedades ou raças (dos animais associados): Carne de Porco, da região de lombo.

Informações complementares sobre espécies, variedades, raças: Matança do porco e desmancha do porco em partes.

Delimitação da área geográfica de produção: Entre o Douro e o Tâmega.

Ingredientes: Carne do lombo de suíno, alho, sal e vinho tinto.

Modo de preparação: Cortar em pedaços grandes a carne de porco. Juntar alhos partidos aos bocadinhos, sal e vinho. Permanecer nesta calda submersos durante uma semana. Lavar bem o intestino grosso do animal. Juntar alho e limão e deixar repousar. Proceder ao enchimento da “tripa” com a carne partida aos bocadinhos e separar e amarrar de 20 em 20 cm. Colocar por cima de lareira e fazer fumeiro 2 a 3 vezes por dia.

Saber fazer: O sabor do vinho e do alho na carne leva a uma degustação perfeita. Deve-se ir mexendo a carne ao longo da semana de repouso, para que esta absorva o máximo dos ingredientes. Depois no fumeiro, é essencial que se vá virando o salpicão, para que o fumo seja mais homogéneo e entre em todos os lados.

Formas de comercialização: Produto de charcutaria de venda individual.

Disponibilidade do produto ao longo do ano: Anual, com indicação do prazo de validade.

Historial do produto: Forma de aproveitamento de todas as carnes do porco, e também uma forma de conservação da carne.

Representatividade na alimentação local: Produto caseiro, com muita representatividade na alimentação local.

Disponibilidade do produto (em extinção, oferta contínua, recuperação): Oferta contínua.

Fonte: Confraria do Anho assado com arroz de Forno