Produtos Tradicionais Portugueses

Produtos Tradicionais Portugueses

Catalão de Barrancos

Catalão de Barrancos

Descrição: Enchido fabricado com carne de porco selecionada e muito pouca gordura da própria carne. A carne e a gordura são picadas com facas especiais, o que permite manter o corte tradicional. Tem cerca de 3 cm de diâmetro e comprimento entre 30 a 35 cm.

Região: Alentejo.

Particularidade: É o enchido mais típico da região de Barrancos. Pode considerar-se exclusivo desta região, pois desconhece-se outra zona ou local onde ele seja fabricado. Tem forma cilíndrica e é atado manualmente nas duas extremidades.

História: Este enchido foi trazido para Barrancos pelos refugiados da Catalunha durante a Guerra Civil de Espanha. Daí lhe vem o nome de «catalão». O seu fabrico está circunscrito à freguesia de Barrancos.

Uso: É consumido cru, assado ou frito.

Saber fazer: As carnes, depois de picadas, são temperadas com os seguintes produtos: sal, pimenta em grão, pimenta branca moída, noz-moscada moída e vinho da região. Dentro de cubas, deixa-se fermentar durante 24h. A tripa é de porco e fresca, lavada, virada do avesso e temperada com rodelas de laranja. Depois de enchidos, são pendurados e expostos em salas, preparadas para o efeito, onde se sujeitam a um processo de cura natural. A carne é de porco alentejano, obrigatoriamente castrado em leitão, abatido entre os 12 e os 16 meses de vida, com peso em carcaça a rondar os 120Kg. A alimentação final é montanheira (bolota).

Fonte: Produtos Tradicionais Portugueses, Lisboa, DGDR, 2001