Produtos Tradicionais Portugueses

Produtos Tradicionais Portugueses

Chouriço Raiano

Chouriço Raiano

Descrição: Produto feito à base das carnes nobres do porco (lombo e carne da perna) e de alguma gordura. O comprimento é de 15 a 20 cm, a largura de 4 a 5 cm e o peso de 250 a 350 g.

Região: Centro.

Particularidade: Enchido cheio em intestino delgado do porco, com cor de sangue de boi, textura exterior lisa, rijo e compacto quando cortado em rodelas. Tem sabor ligeiramente picante e forma longitudinal.

História: Na sua obra sobre o concelho do Sabugal, Manuel Leal Freire já diz: «Sóbria é a alimentação dos habitantes da Beira... A carne de porco chega quase sempre à dona da casa, para todo o ano numa verdadeira maravilha de economia. O toucinho... as chouriças, farinheiras e morcelas são cortados em pedaços e calculadamente distribuídos pelos dias de festa e de semana... Os lombos de porco são picados para chouriços, depois de se ter tirado um pedaço para oferecer ao Pároco, a algum parente ou pessoa mais graduada como o professor.»

Uso: Destina-se a ser consumido tal e qual ou em pratos de cozinha tradicional da região.

Saber fazer: Corta-se a carne em bocados relativamente pequenos que são colocados num recipiente em vinha-d'alhos (molho constituído por vinho da região, alho, sal, colorau doce e colorau picante) durante 3 a 4 dias. Após este tempo enche-se uma tripa delgada de porco. Atam-se as pontas com fio de algodão e vai ao fumeiro (com lenha de carvalho e castanheiro) durante 2 a 3 semanas.

Fonte: Produtos Tradicionais Portugueses, Lisboa, DGDR, 2001