Produtos Tradicionais Portugueses

Produtos Tradicionais Portugueses

Ovas Salgadas

Ovas Salgadas

Descrição: As ovas de atum têm de comprimento cerca de 20 cm e de largura 10cm. São secas e salgadas. Apresentam uma cor avermelhada e o seu peso varia com o tamanho.

Região: Algarve.

Particularidade: Ovas de atum secas, espalmadas, com sabor salgado.

História: A salga de peixe é tradicional em todos os povos pescadores, representando uma fonte de energia para os meses fracos em alimentos. Contudo, este tipo de conserva é muito mais uma gulodice do que um alimento propriamente dito. Era uso os homens reunirem-se, pela tardinha, para petiscar umas lascas de ovas acompanhadas por um copo de vinho tinto.

Uso: Atualmente, e dada e escassez, consomem-se em especial como aperitivo.

Saber fazer: As ovas são limpas e lavadas por imersão em água até retirar todo o sangue, durante mais ou menos 2 h. São a seguir salgadas e prensadas de acordo com o seguinte processo: colocam-se as ovas numa superfície onde se espalhou sal, dispondo-se em camadas alternadas as ovas e sal, fazendo-se em seguida a prensagem. Esta prensagem processa-se em várias fases. Assim, no primeiro dia o peso que se coloca sobre as ovas é de mais ou menos 70 kg. No dia a seguir, limpam-se as ovas, coloca-se novo sal e aumenta-se o peso para 150 kg, sendo até ao 7° ou 8° dia viradas diariamente. Ao 8° dia voltam-se as ovas, junta-se mais sal e aumenta-se o peso para 200 kg, mantendo-se assim até ao 12° dia. São por fim lavadas, esfregadas e mergulhadas em água durante cerca de 12 h. Depois de lavadas, as ovas são penduradas ao ar livre e à sombra, durante 8 dias. Só então estão prontas.

Fonte: Produtos Tradicionais Portugueses, Lisboa, DGDR, 2001