Produtos Tradicionais Portugueses

Produtos Tradicionais Portugueses

Estupeta de Atum

Estupeta de Atum

Descrição: Produto resultante da salga húmida de pedaços de atum. Tem cor castanho-escura, consistência firme e sabor próprio, salgado.

Região: Algarve.

Particularidade: Atum salgado, em bocados.

História: Investigações várias ao longo dos anos permitem concluir, com base nas características de construção dos tanques de salga e no horizonte arqueológico que os acompanha, que a atividade da salga era exercida no período lusitano-romano e, supostamente também, a preparação deste produto. O atum nesta região é, na prática, totalmente aproveitado. Assim, o peixe que não serve para a muxama, servirá para a estupeta. As suas partes menos nobres, tais como barrigas, músculos da cabeça e das barbatanas, servem para a simples salga.

Uso: A estupeta é o ingrediente principal de uma salada fria, muito típica no Algarve, que se prepara com tomate, pimento e estupeta previamente demolhada.

Saber fazer: É feita das aparas musculares, resultantes da separação das massas musculares e do sangacho no alindamento da muxama. A preparação inicia-se com a lavagem em salmoura para libertação do sangue, seguida de salga a seco e depois imersão nos pios (tanques) onde os pedaços permanecem cerca de 30 dias, para mais e não para menos.

Fonte: Produtos Tradicionais Portugueses, Lisboa, DGDR, 2001