Produtos Tradicionais Portugueses

Produtos Tradicionais Portugueses

Migas de Peixe do Rio

Migas de Peixe do Rio

Delimitação da área geográfica de produção: Torre de Moncorvo, Vila Nova de Foz Côa, Freixo de Espada à Cinta, Mogadouro.

Ingredientes utilizados: Pão caseiro; peixe do rio (barbo, boga, muge, etc.); poejo, também conhecido por “erva peixeira”; tomate; azeite; cebola; ovos; sal.

Modo de preparação: Corta-se a cebola às rodelas finas e coze-se no azeite, sem deixar alourar. Junta-se o tomate partido e deixa-se cozer. Quando o tomate já estiver macio, rega-se com água, tempera-se com sal à medida e deixa-se levantar fervura. De seguida, introduz-se o peixe e a erva aromática (poejo), tapa-se e deixa-se cozer. Depois de cozer, retira-se o peixe e juntam-se ao caldo, os ovos previamente batidos para cozerem também. Corta-se o pão caseiro em fatias para uma terrina. Deita-se o caldo em cima do pão, abafa-se durante algum tempo para que o caldo se entranhe no pão. O peixe pode servir-se à parte.

Historial do produto: Ao longo de várias gerações o principal sustento de muitas famílias da Foz do Sabor, concelho de Torre de Moncorvo, foi a pesca de peixe do rio, cuja qualidade e quantidade se deve à confluência dos rios Douro e Sabor. As Migas de Peixe do Rio, inicialmente um prato de subsistência, adquiriram fama e constituem hoje uma mais-valia turística e económica para a região.

Fonte: Receitas e Sabores dos Territórios Rurais, MINHA TERRA, 2013