Produtos Tradicionais Portugueses

Produtos Tradicionais Portugueses

Cozido de Grão à Alentejana / Cozido de Grão Alentejano

Cozido de Grão à Alentejana / Cozido de Grão Alentejano

Descrição: Prato preparado com grão-de-bico, diversos legumes e vários tipos de carne. As carnes e as ‘sopas’ (de pão) são servidas em separado.

Características particulares: O pão ensopado no caldo tem um papel preponderante na receita.

Região: Alentejo.

Ingredientes utilizados: Enchidos (farinheira, linguiças, morcela); pé de porco, chispe, orelha, ossos, carne de porco (ou borrego), beiço de porco, língua, grão-de-bico, feijão-verde, cebola, tomate, alho, louro, cenoura, batata, abóbora, pão, hortelã e sal.

Modo de preparação: De véspera, põe‑se de molho o grão em água e salgam-se as carnes. No dia seguinte, as carnes vão a cozer com água e hortelã. Os enchidos são cozidos à parte. Com a água de cozer as carnes faz-se ‘um picadinho’ com cebola, tomate, alho e louro. Corta-se a abóbora, batata, feijão-verde e cenoura aos bocadinhos. Deixa-se apurar, junta-se tudo e deixa-se cozer bem. Serve-se o caldo sobre sopas de pão fininhas e folhas de hortelã e as carnes servem-se em recipiente à parte.

Saber fazer: Existem diversas variações deste prato consoante as regiões do Alentejo. Embora o Cozido de Grão seja confecionado à base de carne de porco, também se pode confecionar com carne de borrego e vitela.

Formas de comercialização: Restaurantes.

Disponibilidade do produto ao longo do ano: Durante todo o ano.

Historial do produto: Existe uma tradição rural do consumo desta leguminosa, associado aos trabalhos no campo. Quando os trabalhadores pernoitavam no campo, levavam panelas de barro para a campanha do trabalho. Havia sempre alguém responsável por pôr a panela de cada um [cocaria] ao lume.

Representatividade na alimentação local: prato muito apreciado durante o Inverno, por ser calórico.

Fonte: DGADR, com base no livro Receitas e sabores dos territórios rurais (MINHA TERRA – Federação Portuguesa de Associações de Desenvolvimento Local, 2013), Carta Gastronómica do Alentejo - Monumenta Transtaganae Gastronómica (Confraria Gastronómica do Alentejo, 2013) e “Cozinha Tradicional do Alentejo - a memória dos temperos", Maria Antónia Goes, 2014, Colares Editora.

Foto: Cedida pela MINHA TERRA – Federação Portuguesa de Associações de Desenvolvimento local.