Produtos Tradicionais Portugueses

Produtos Tradicionais Portugueses

Cozido à Portuguesa

Cozido à Portuguesa

Descrição: Cor: Várias tonalidades (verde, castanho, amarelo, laranja,…); Aroma: a carne fumada; Textura: irregular.

Características particulares: É por excelência um prato de confeção caseira, com todos os ingredientes tipos da região.

Espécies, variedades ou raças: Vitela da Raça Arouquesa; Carne de porco; Carne de frango.

Delimitação da área geográfica de produção: Prato de confeção a nível nacional.

Ligação à paisagem natural: Utilização dos vegetais e hortaliças, que quando no campo dão várias tonalidades a paisagem.

Ingredientes utilizados: Carne de Porco (orelheira, o presunto, o salpicão e as chouriças são imprescindíveis), carne de vitela, carne de frango, toucinho, penca, cenouras, batatas.

Modo de preparação: Colocar a carne de porco, galinha, vitela, orelheira, o presunto, o salpicão e as chouriças numa panela com água a ferver. Quando as carnes estiverem cozidas tiram-se da panela e partem-se, deixando-se a água da cozedura. Na mesma água cozem-se as batatas, as tronchudas / pencas e as cenouras. Acompanhar com arroz de forno e bom vinho verde.

Saber fazer: Para que o cozido fique com um sabor espetacular, deve manter-se a mesma água de cozedura das carnes, para cozer a hortaliça, as batatas e as cenouras. A confeção em panelas de ferro, em lume brando, leva a que o saber das carnes e de todo o cozido fique excecional.

Formas de comercialização: Produção caseira e restauração.

Disponibilidade do produto ao longo do ano: É confecionado todo o ano.

Historial do produto: O cozido é por excelência um prato português. Surge das dificuldades do povo, em que colocam todos os alimentos que tinham numa panela, deixando cozer. Era uma forma de aproveitar tudo o quer a terra e os animais davam.

Representatividade na alimentação local: Prato típico do concelho.

Disponibilidade do produto: Oferta contínua. Confeciona-se com maior frequência na época fria do outono e inverno, e tem também particular relevância no Domingo Gordo (último domingo da quarta-feira de cinzas, época que antecede a quaresma, na religião cristã).

Fonte: Confraria do Anho Assado com arroz de Forno