Produtos Tradicionais Portugueses

Produtos Tradicionais Portugueses

Bola de Centeio de Barroso

Bola de Centeio de Barroso

Descrição: Pão feito com farinha de centeio, água, fermento, sal, carne de porco entremeada, chouriça de carne e cebola. O fermento é caseiro e obtém-se deixando massa de pão, de uns dias para os outros, numa bacia coberta com um pano e em lugar fresco e arejado. A sua forma é redonda ou ovalada e o seu peso é variável com o tamanho.

Região: Norte.

Outras denominações: Bola Centeia.

Particularidade: Pão de centeio com pedaços de carne de porco.

História: A Sr.ª Dª Ana Gonçalves da Fonte, de 73 anos de idade (e 60 como padeira) e natural de Montalegre, aprendeu a cozer pão com a avó e a mãe, já falecidas, que usavam o «forno do povo». Algum tempo antes do nascimento da Sr.ª Dª Ana e na mesma rua onde ainda hoje existe o forno comunitário, a sua mãe construiu um forno de granito forrado a tijolo pois «demora menos tempo a aquecer e a cozer», o qual é ainda utilizado pela Srª Dª Ana da Fonte. Esta senhora conta-nos que antigamente as pessoas mais ricas usavam azeite e as mais pobres só gordura da carne de porco nas Bolas Centeias. Conta-nos ainda que nos nossos tempos ainda há quem deite «um pingo de azeite» nas bolas.

Uso: Consumida sobretudo como merenda.

Saber fazer: Num alguidar deita-se a farinha de centeio e faz-se um «poço central» no qual se deita o fermento, o sal e a água tépida. Amassa-se muito bem. A massa é depois colocada num cesto, coberto de panos e em local com temperatura estável, para levedar. Quando levedada, estende-se na masseira em círculos, com uma espessura de 3cm. Coloca-se a cebola e a carne cortada em pequenos pedaços e tapam-se com outros círculos mais finos, calcando as pontas da massa com os polegares até os círculos ficarem devidamente colados. Leva-se ao forno 15min depois do início da cozedura do pão de centeio, ficando a cozer uma hora.

Fonte: Produtos Tradicionais Portugueses, Lisboa, DGDR, 2001