Produtos Tradicionais Portugueses

Produtos Tradicionais Portugueses

Pasta de Pimenta

Pasta de Pimenta

Descrição: A Pasta de Pimenta é obtida por esmagamento de pimentos da espécie Capsicum sp., vulgarmente conhecidos por malagueta, oriundos da América Central. São diversas as variedades de pimento cultivadas nos Açores, nomeadamente a gaga e a pequena, esta com sabor picante não muito acentuado. Daqui decorre a consequente variedade das designações, como pimenta malagueta com um sabor muito violento e distinta pelo seu aspecto fino e pontiagudo, a qual também é conhecida por corno de cabra.

Região: Região Autónoma dos Açores.

Outras denominações: Na ilha de S. Miguel é vulgarmente conhecida por Pimenta Vermelha, Pimenta da Terra ou simplesmente Pimenta.

Variantes: Pimenta salgada e pé de pimenta.

Particularidade: A pasta ou massa de pimenta malagueta é uma massa feita de pimenta malagueta, de cor vermelha, sabor intenso e picante.

História: De entre os vários condimentos utilizados pelo povo açoriano, a Pasta de Pimenta distingue-se pelo seu uso frequente e, em certa medida, exagerado. Vem de longa data o emprego deste produto na alimentação popular. Todavia, é de admitir que a sua utilização se tenha generalizado a partir do século XVI. Carreiro da Costa cita, a respeito da pimenta malagueta, o Dr. Urbano Mendonça Dias: «Apanham-me pelo pé — Levam-me para o fabrico — Metem-me depois em moura — E assim para ali fico — Mas aquele que me furar — é a esse mesmo que pico.» Francisco Arruda Furtado refere a Pasta de Pimenta como condimento indispensável ao povo açoriano, sobretudo ao micaelense, servindo para «condutar» diversos pratos ou sendo comida apenas com pão de milho (o que constituía a base da alimentação do povo). A pimenta era também utilizada nos caldos de couves.

Uso: Mantém-se em boiões ao longo do ano, sendo utilizada em guisados, fritos e sopas, bem como nos enchidos de porco (morcelas, chouriços e linguiça). Nas casas mais pobres é utilizada para ajudar a «condutar» o peixe e o pão.

Saber fazer: A Massa de Pimenta obtém-se segundo um modo de fabrico artesanal. Cortam-se as malaguetas ao meio, no sentido vertical. Retiram-se as pevides e o pedúnculo e moem-se num moinho próprio para o efeito. A massa obtida coloca-se em boiões de barro tapados com um pano onde se coloca bastante sal. O pé de pimenta obtém-se através da secagem ao sol das pimentas mais pequenas, que posteriormente são moídas. A pimenta salgada obtém-se cortando as pimentas e retirando as pevides, de modo semelhante ao usado para a Massa de Pimenta, sendo acondicionadas em balsas ou salgadeiras de barro.

Fonte: Produtos Tradicionais Portugueses, Lisboa, DGDR, 2001