Produtos Tradicionais Portugueses

Produtos Tradicionais Portugueses

Rebuçados de Funcho

Rebuçados de Funcho

Descrição: Rebuçados cilíndricos de tamanho variável (1 a 2 cm), de cor amarelo-alaranjada, translúcidos e com sabor a funcho. São comercializados em pequenos sacos de plástico, não sendo embrulhados individualmente.

Região: Região Autónoma da Madeira.

Particularidade: Rebuçados de aspeto artesanal, cilíndricos e feitos com funcho.

História: Trata-se da utilização do funcho (Foeniculum vulgare). Esta planta vegetava em grande quantidade nas encostas da baía do Funchal, aquando da sua descoberta. Diz Gaspar Frutuoso: «... Funchal, a que o capitam deo este nome, por se fundar em um valle fermoso de singular arvoredo cheyo de funcho até o mar». Esta planta aromática ainda hoje existe de modo espontâneo e em pequena quantidade. Deu o nome ao pico do Funcho, nos arredores do Funchal.

Uso: Guloseima que pode ser comida a qualquer hora do dia. Por possuírem funcho, são utilizados como calmantes para a tosse. Os Rebuçados de Funcho tornaram-se um produto típico e são cobiçados por nacionais e estrangeiros.

Saber fazer: Com o açúcar, a água e a essência de funcho obtém-se, por aquecimento, o ponto de bola dura. Depois da massa arrefecer, moldam-se pequenos charutos que são cortados, com uma faca afiada, em pequenos cilindros. São comercializados, embalados em pequenos sacos de plástico, pelas casas que vendem produtos tradicionais e também por alguns vendedores de rua.

Fonte: Produtos Tradicionais Portugueses, Lisboa, DGDR, 2001