Produtos Tradicionais Portugueses

Produtos Tradicionais Portugueses

Sardinhas Doces de Trancoso

Sardinhas Doces de Trancoso

Descrição: Doce feito à base de ovos, amêndoa ralada, azeite, chocolate, açúcar, sal e canela. Têm um comprimento que varia entre 13 a 16 cm e um peso de 120 a 150 g. A cabeça e o rabo da sardinha são envolvidos em chocolate.

Região: Centro.

Particularidade: Doce frito, com forma de sardinha, onde são bem visíveis a cabeça e o rabo, de cor escura (castanho de cacau). Têm uma crosta de massa relativamente estaladiça e um recheio interior de cor amarela de ovo, pastoso e de homogeneidade mediana. São muito doces.

História: Trata-se de um doce de origem conventual. É uma especialidade referenciada em guias gastronómicos. Francisco Hipólito Raposo não se esquece de lembrar às pessoas que a esta terra vão fazer uma visita, que provem as Sardinhas de Trancoso.

Uso: Como guloseima, a qualquer hora do dia.

Saber fazer: Amassa-Se a farinha com azeite e água para formar uma massa de cobertura. Faz-se o recheio com o açúcar, os ovos e a amêndoa. Envolve-se o recheio na massa, dá-se-lhe a forma de sardinha, frita-se em óleo, passam-se as extremidades por chocolate quente e depois por açúcar e canela.

Fonte: Produtos Tradicionais Portugueses, Lisboa, DGDR, 2001