Produtos Tradicionais Portugueses

Produtos Tradicionais Portugueses

Broas Castelar

Broas Castelar

Descrição: São bolinhos (broas) de farinha de milho, farinha de trigo, batata-doce, açúcar, ovos, amêndoa, raspa de limão e laranja. Têm forma elíptica e aproximadamente 8 cm de comprimento e 4 cm de largura máxima. A amêndoa e a raspa de limão e laranja podem ser substituídas por coco e essência de laranja. Podem ser feitas sobre pedaços de obreia ou, como antigamente, sobre folhas de laranjeira.

Região:Lisboa e Vale do Tejo.

Particularidade: Bolos pequenos, de forma elíptica, alongada e pontiaguda, com cor dourada devida à cobertura de gema de ovo tostada.

História: Receita muito antiga cuja origem é desconhecida e que é típica da época do Natal.

Uso: Como guloseima e sobremesa na época do Natal.

Saber fazer: Faz-se um doce com a batata-doce e o açúcar. Junta-se a amêndoa ralada, as farinhas, as raspas e os ovos e envolve-se tudo. Forra-se um tabuleiro com folha de obreia, tendem-se broinhas, pincelam-se com gema de ovo e vão a forno forte para cozerem e tostarem. Corta-se a obreia junto das broas e, se necessário, passam-se por um pano, para dar brilho à zona pincelada.

Fonte: Produtos tradicionais portugueses, Lisboa, DGDR, 2001