Produtos Tradicionais Portugueses

Produtos Tradicionais Portugueses

Brisas da Figueira

Brisas da Figueira

Delimitação da área geográfica de produção: Figueira da Foz.

Ingredientes utilizados: 500 g de açucar; 12 ovos inteiros; 300 g de miolo de amêndoa; 300 g de água; 1 cálice de vinho do Porto; massa para forrar as formas.

Modo de preparação: Ferve-se o açúcar com a água até atingir o ponto de pérola. Mistura-se o açúcar com os ovos, conjuntamente com a amêndoa moída e o vinho do Porto. Forra-se formas pequenas com massa, enche-se com o recheio e vai ao formo a cozer a temperatura baixa, devendo demorar 45 minutos a cozer.
Formas de comercialização: Pastelarias.

Historial do produto: Não se conhece bem a origem.
Pinto Esteves (1954)

“Eram óptimos os doces regionais da Figueira, dessa época afastada, e a quinta essência deles era dada pelo fabrico conventual da mãe Rosária, e pelas suas filhas, as Rosárias, na sua doçaria ali no Paço, com uma pequena montra entre as duas portas de rebordo alto, as quais eram impecáveis de asseio, e cuja cozinha se via do balcão da pequena loja, escrupulosamente estonada e limpa.
Os seus doces eram tão agradáveis como os sorrisos com que as doceiras, de cabelos empoados de farinha alva, atendiam a sua freguesia escolhida e gulosa: as trouxas de ovos pingando calda, os canudos de recheio, polvilhados de canela; as incomparáveis argolas folhadas, cobertas de açucar, e os bolos de amor, redondinhos e cheios, como corações enamorados.”

Fonte: Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas

Fonte da imagemMafalda Agante