Produtos Tradicionais Portugueses

Produtos Tradicionais Portugueses

Trouxas de Ovos das Caldas

Trouxas de Ovos das Caldas

Descrição: As trouxas de ovos são preparadas com ovos e açúcar. Têm o aspeto de rolos amarelos brilhantes, mergulhados numa calda de açúcar. Medem cerca de 5 cm, têm um diâmetro de cerca de 3 cm e pesam 90 g. Para além de vendidas à unidade, apresentam-se em caixas de plástico, baixas e redondas, que contêm o número de trouxas que o cliente deseja comprar.

Região: Lisboa e Vale do Tejo.

Particularidade: Rolos de ovos embebidos em calda de açúcar.

História: Não se sabe a sua origem nem o seu nascimento exato, mas o escritor Eça de Queiroz (1845/1900) escreveu, referindo-se a este doce tão popular: «... com o meu cartucho de ovos, lá fui subindo, melancolicamente, ao lado do Dr. Margaride, a Rua Nova do Carmo...»

Uso: Como sobremesa requintada. É uma sobremesa cara que é sobretudo consumida em ocasiões especiais (banquetes, casamentos, festas natalícias, etc.). Atualmente a procura é maior dada a maior mobilidade das pessoas, especialmente no Verão. É costume, quando se passa pelas Caldas, trazer uma caixa de doces para oferecer aos familiares ou amigos.

Saber fazer: Leva-se o açúcar ao lume num tacho com a água necessária para o dissolver. Quando a calda começa a pegar aos dedos, retira-se o tacho do lume. Numa frigideira pequena coloca-se meia chávena de calda. Quando fervilhar introduz-se uma colher de ovos, até formar uma capa. Volta-se com uma espátula, deixa-se ferver e retira-se. Aparam-se as «capas» e colocam-se as aparas no centro, enrolando a seguir. Regam-se as trouxas com bastante calda deixando-as assim até serem embaladas nas respetivas caixas.

Fonte: Produtos Tradicionais Portugueses, Lisboa, DGDR, 2001