Produtos Tradicionais Portugueses

Produtos Tradicionais Portugueses

Toucinho-do-Céu

Toucinho-do-Céu

Descrição: Doce feito com farinha, miolo de amêndoa pelada, ovos, manteiga, canela, açúcar e uma pitada de cravinho-da-Índia em pó.

Região: Alentejo.

Outras denominações: Toucinho-do-Céu da Madre Abadessa.

Particularidade: Doce com o aspeto de bolo redondo, com o formato de um queijo com cerca de 15 a 20 cm de diâmetro e abundantemente polvilhado com açúcar em pó.

História: Doce conventual que faz parte da doçaria tradicional portuguesa, pois adquiriu carácter nacional a partir do século XIX. Conhecem-se várias receitas de Toucinho-do-Céu que correspondem às várias regiões do País, sendo a do Alentejo característica pela utilização de especiarias, em que a cozinha alentejana é pródiga. O seu nome deve-se, possivelmente, ao seu aspeto, que é semelhante ao de uns doces fabricados com toucinho moído, e que são conhecidos por toucinhos. O Convento de Santa Mónica foi o primeiro da sua ordem em Portugal. Foi extinto em 11 de fevereiro de 1881. Entre 1790/92, o convento sofreu uma convulsão interna descrita sob a forma de uma história monástica. Nessa história aparecem referências a alguns doces do convento, entre os quais o Toucinho-do-Céu.

Uso: Como sobremesa e guloseima de requinte.

Saber fazer: Misturam-se os ovos, açúcar, manteiga, cravinho e canela. Junta-se a amêndoa ralada e a farinha. Vai ao forno em forma bem untada e coberta com uma espessa camada de farinha. Depois de desenformado, raspa-se o excesso de farinha e cobre-se com açúcar em pó. Pode servir-se em fatias individuais passadas por calda de açúcar e canela.

Fonte: Produtos Tradicionais Portugueses, Lisboa, DGDR, 2001