Produtos Tradicionais Portugueses

Produtos Tradicionais Portugueses

Pampilho

Pampilho

Descrição: Tem forma retangular, medindo cerca de 19 cm de comprimento por 4,5 cm de largura e 2 cm de espessura. A cor é amarelo-vidrada e tostada na parte superior. Por vezes o seu comprimento atinge os 20 cm. A massa é preparada com farinha, açúcar em pó, ovos e manteiga. O recheio de doce de ovos é preparado com gemas de ovos, calda de açúcar e amêndoa, até se obter uma consistência cremosa. Cada bolo pesa cerca de 120 g.

Região: Lisboa e Vale do Tejo.

Particularidade: Bolo em forma retangular, amarelo-tostado, pretendendo figurar uma vara de campino.

História: Os Pampilhos não têm uma longa tradição por si próprios, mas têm-na na medida em que foram «imaginados» em homenagem ao homem do Ribatejo, mais propriamente ao campino que na lezíria guarda os touros. O pampilho é a vara comprida com que o campino dirige os animais, e daí o formato do bolo. O bolo é uma criação, de há cerca de 30 anos, do Sr. Diamantino Veloso, então pasteleiro da Pastelaria Acides (local onde os alunos da Escola Agrária da região e a elite dos «forcados de Santarém» se reuniam habitualmente para confraternizar). Desta maneira a pastelaria homenageou as gentes ribatejanas ligadas aos mais conhecidos ex Libris do Ribatejo: o touro e o cavalo.

Uso: Como todos os bolos, é consumido a qualquer hora do dia.

Saber fazer: Amassa-se a farinha, os ovos e o açúcar até formar uma massa. A massa é a seguir espalmada muito fina, com um rolo, e cortada em retângulos que vão envolver o recheio. A seguir pincelam-se os retângulos duas vezes com o preparado de gemas de ovos e vai a cozer ao forno durante 10 min a 400 °C.

Fonte: Produtos Tradicionais Portugueses, Lisboa, DGDR, 2001