Produtos Tradicionais Portugueses

Produtos Tradicionais Portugueses

Queijo de Cabra Transmontano DOP

Queijo de Cabra Transmontano

 Descrição: O Queijo de Cabra Transmontano DOP é obtido a partir de leite cru de cabra, de raça Serrana. Trata-se de um queijo curado, de pasta extra-dura de cor branca uniforme.

Método de produção: Para a obtenção do Queijo de Cabra Transmontano DOP ocorre a filtração do leite e o seu aquecimento até aos 35 ⁰C. De seguida, o leite é coalhado com coalho animal. A coalhada resultante é colocada nos cinchos e pressionada manualmente, de forma a remover todo o soro.
Após o corte, os queijos são salgados e deixados a amadurecer, no mínimo 60 dias, à temperatura entre 5 a 18 ⁰C e humidade relativa de 70 a 85%. São efectuadas viragens e lavagens periódicas.

Características particulares: As particularidades do Queijo de Cabra Transmontano DOP devem-se, à sua produção artesanal e pouco modificada ao longo dos anos e, ainda, às características do leite utilizado. As dimensões deste produto são de 12 a 19 cm de diâmetro e peso de 600 a 900 g. Possui um aroma agradável e intenso, e sabor limpo ligeiramente picante.

Área de produção: A área geográfica de produção do Queijo de Cabra Transmontano DOP abrange os concelhos de Mirandela, Macedo de Cavaleiros, Alfândega da Fé, Carrazeda de Ansiães, Vila Flor, Torre de Moncorvo, Freixo de Espada à Cinta e Mogadouro do distrito de Bragança; os concelhos de Valpaços e Murça do distrito de Vila Real.

História: O consumo de queijo de Cabra Transmontano DOP ocupa, desde longa data, um papel crucial na região de Trás-os-Montes.
Um estudo elaborado na região Norte chega mesmo a defender que este produto tem vindo a representar uma parcela acentuada da economia e na alimentação (principalmente da povoação mais desfavorecida) dos habitantes de Trás-os-Montes.

Caderno de especificações (pdf)

Área geográfica

Agrupamento de produtores
LEICRAS - Cooperativa de Produtores de Leite de Cabra Serrana, CRL

Organismo de controlo e certificação
SATIVA- Desenvolvimento Rural, Lda.

Publicação jornal oficial UE
Reg. (EG) n.º 1263/96 – L163 02.07.1996
Reg. (EG) n.º 510/2012 – C163 09.06.2012
Reg. (EU) n.º 436/2013 – L129 14.05.2013

Publicação em DR
Aviso n.º 4313/2005, de 21 de abril
Aviso n.º 4787/2007, de 14 de março

Padrão da Raça Caprina Serrana: De acordo com o definido no Regulamento do Livro Genealógico, o caprino Serrano é um animal com as seguintes características:

Aspeto Geral — Estatura mediana, aptidão predominantemente leiteira. É uma cabra de estatura média, com uma altura de 64 cm na cernelha;
Pelagem — Pode ser preta, castanha e ruça, podendo apresentar coloração amarela em algumas regiões, sendo a única raça caprina autóctone de pelos compridos;
Cabeça — Grande, comprida, de perfil subcôncavo, frente ampla e ligeiramente abaulada; face triangular; chanfro largo, retilíneo e com depressão na união com o frontal, focinho fino; boca pequena e lábios finos; orelhas relativamente curtas e horizontais, cornos de secção triangular, rugosos, dirigidos para trás em forma de sabre, com hastes paralelas ou divergentes, ou ligeiramente dirigidas para trás, divergentes ou espiraladas;
Pescoço — Comprido, mal musculado, bordos retilíneos com ou sem brincos;
Tronco — Linha dorso-lombar quase direita ou ligeiramente oblíqua, dorsos e rins descarnados e retilíneos; garupa descaída, cauda curta e arrebitada. Tronco ligeiramente arqueado; abdómen desenvolvido;
Úbere — Bem desenvolvido, globoso, por vezes pendente de fundo de saco; tetos pequenos e cónicos dirigidos para a frente ou levemente para os lados;
Membros — Finos, resistentes, com unhas pequenas e rijas;
Peso vivo — adulto: Machos – 35 a 50 kg; Fêmeas – 25 a 40 kg.

(Ecotipos da Raça Caprina Serrana: Transmontano, Jarmelista, Ribatejano e da Serra)

Caprina Serrana Transmontano rd Caprina Serrana Jarmelista rd Caprina Serrana Ribatejano rd Caprina Serrana Serra rd
Ecotipo Transmontano Ecotipo Jarmelista Ecotipo Ribatejano Ecotipo da Serra