Produtos Tradicionais Portugueses

Produtos Tradicionais Portugueses

Caldeirada de Enguias

Caldeirada de Enguias

Descrição: Prato preparado à base de enguias apresentando uma cor amarelada e textura macia.

Características particulares: Caldeirada confecionada com "pó de enguias" ou "pó de peixe" (Gengibre Amarelo ou Açafrão das Índias ou Curcuma) Curcuma longa L, designadamente a raiz seca e depois moída.

Ligação à paisagem natural: Obtenção da enguia na Ria de Aveiro e Ribeiros adjacentes.

Ingredientes utilizados: Batata, enguias, cebola, alho, salsa, unto-de-pão ou sal-de-unto, azeite, louro, vinagre ou sumo de limão, vinho branco, água e pó de enguias.

Modo de preparação: Lava-se muito bem as enguias até perderem a viscosidade e retira-se: a cabeça e uma “tripa” fina existente junto da espinha, raspando com uma faca. De seguida, confecionar conforme as caldeiradas. Quando estiver cozida, regar com um pouco de vinagre ou sumo de limão.

Saber fazer: É usual fazer um molho, à parte, com um pouco de calda do preparado, bastante picante, para colocar no prato, depois de servida.

Atualmente, em muitos casos, o “unto-de-pão e o sal-de-unto” é substituído, por banha de porco.
Em determinadas zonas, coloca-se, também, tomate ou pimento, conforme o gosto.
É um prato que apresenta algumas variantes, na sua confeção, de acordo com a zona onde é preparado.

Disponibilidade do produto: Ao longo do ano

Historial do produto: Antigamente, as enguias eram apanhadas exclusivamente na Ria de Aveiro, em riachos e ribeiros da região, pelo que, eram abundantes e um prato bastante confecionado, porque eram as próprias pessoas que as apanhavam. Atualmente, esta prática já não se verifica, e a sua grande maioria é produzida em viveiro.

Representatividade na alimentação local: Prato bastante confecionado em toda região.

Disponibilidade do produto: Oferta contínua.

Área geográfica de produção: Concelhos que confinam com a ria de Aveiro.

Fonte: Confraria Gastronómica As Sainhas de Vagos