Produtos Tradicionais Portugueses

Produtos Tradicionais Portugueses

Anchova

Anchova

Descrição: O filete de peixe tem cerca de 8 a 10cm de comprimento, cor escura-avermelhada, paladar característico salgado e textura macia. Apresenta-se em embalagens de alumínio ou folha-de-flandres, com capacidade de 22, 56, 250 e 750 g.

Região: Algarve.

Outras denominações: Anchova Portuguesa de Conserva.

Variantes: Pode apresentar-se sob a forma de filetes ou enrolada à volta de uma alcaparra.

Particularidade: Filetes de peixe em semiconserva ou em conserva.

História: No Algarve encontram-se vestígios de cetariae ao pé de Lagos e de Tavira, provando que a salga do peixe já se efetuava no tempo luso-romano. A Anchova, produzida desde tempos imemoriais, era vendida como semiconserva, a granel. Só há cerca de 50 anos se começou a fazer filetagem e acondicionamento em embalagem estanque.

Uso: Como aperitivo, entrando também na confeção de pratos diversos e de alguns guisados de carne.

Saber fazer: O peixe, biqueirão ou sardinha, é descabeçado, eviscerado e submetido à ação de sal e salmoura saturados. É colocado em recipientes que vão dos 10 kg a 10 toneladas, bem misturado com o sal e sujeito a uma prensagem que conduz à expurgação do óleo e outros fluidos do peixe. Permanece nestes recipientes de 3 a 6 meses, período durante o qual se dá a anchovagem. Nesta altura procede-se à limpeza do peixe, com separação da espinha e pele, ficando assim preparado o filete.

Fonte: Produtos Tradicionais Portugueses, Lisboa, DGDR, 2001