Pão Sovado

Descrição: Pão de côdea lisa e miolo muito fechado e regular, típico do processo de sovagem a que a massa é submetida. Apresenta-se com forma e pesos variados consoante as regiões onde é produzido. As formas mais comuns em que se apresenta são: Bicas (pequenas unidades acabadas em bico com um corte longitudinal); Regueifinhas (unidades com cerca de 0,5 kg de massa com forma de caracol); Regueifas (dois cacetes com dois palmos de comprimento, entrançados, com a forma final de argola entrançada e a superfície enfeitada com rosquinhas, argolas e folhas); Calo (massa alongada cujas extremidades são juntas no meio e vincadas com a mão em cutelo); Redondo (massa espalmada em bolacha em cuja superfície se faz um quadrado).

Pãozinho

Descrição: Carcaça — Pão ligeiramente alongado, vincado a meio, de miolo muito fofo e côdea estaladiça; Bijou ou Molete — pão redondo rebentado no local do corte feito antes de enfornar; Papo-seco — pão ligeiramente alongado, vincado a meio e terminado em pequenas cabecinhas (as maminhas); Rosca — pão alongado feito de duas tiras de massa torcidas, com côdea rugosa e estaladiça; Viana — pão redondo muito fofo que é tendido com urdo voltado para o meio.