Produtos Tradicionais Portugueses

Produtos Tradicionais Portugueses

Mel de Barroso DOP

Mel de Barroso

Descrição: O Mel de Barroso DOP é um mel produzido pela abelha local Apis mellifera (sp. iberica). O néctar tem origem no pólen das ericáceas que predominam na flora melífera regional. Este mel é um produto completamente natural e não sofreu nenhum processo industrial pelo que tende a cristalizar muito facilmente, especialmente em temperaturas frias.

Método de produção: As colmeias não podem estar a menos de 1.000 m de madeiras de eucalipto. O mel é extraído de julho a setembro quer seja pela pressão ou método tradicional. A extracção e a filtração só podem ser efectuadas na mesma zona em que o mel é produzido e a uma temperatura não superior a 45 ° C.

Características particulares: O Mel do Barroso DOP é de cor escura e tem um sabor e aroma que reflectem a flora regional, onde a urze predomina.

Área de produção: Limitada aos concelhos de Boticas, Chaves, Montalegre e Vila Pouca de Aguiar e às freguesias de Jou e Valongo de Milhais, do concelho de Murça, do distrito de Vila Real.

História: A produção do Mel do Barroso DOP está consagrada pelo uso face, designadamente, às referências físicas, escritas e mesmo orais, que datam de há muito tempo e ao potencial produtivo da região e à importância do mel e da abelha nos brasões e toponímia da região.

Marca de certificação
marca mel barroso

Caderno de especificações (pdf)

Área geográfica

Agrupamento de produtores
CAPOLIB - Cooperativa Agrícola de Boticas C. R. L.

Organismo de controlo e certificação
SATIVA – Desenvolvimento Rural, Lda.

Publicações no Jornal Oficial da UE
Regulamento (CE) N.º 704/2005 da Comissão de 04.05.2005 – L 148/1
Regulamento (CE) N.º 1107/96 da Comissão de 12.06.1996 – L 148/1

Publicação em DR
Aviso n.º 11128/2011, de 12.05.2011
Despacho n.º 18910/2002, de 26.08.2002
Despacho n.º 16162/2001,  de 03.08.2001
Aviso n.º 16671/2000, de 28.11.2000
Despacho n.º 23/1994, de 04.02.1994