Produtos Tradicionais Portugueses

Produtos Tradicionais Portugueses

Laranja de Amares

Laranja de Amares

Descrição: Fruto de forma regular, esférica, de cor amarelo-avermelhada, de casca fina e muito sumarenta.

Região: Norte.

Particularidade: Laranja cuja sobrematuração permite que seja consumida de maio a agosto, permanecendo na árvore até ao consumo.

História: Amares é uma região fértil do concelho de Braga, com um microclima que lhe permite a produção de vinho, cereal e laranja. A Laranja de Amares, mais do que um produto de consumo, é um símbolo. Faz parte do brasão do concelho e as crianças das escolas, quando em representação deste, levam laranjas nas mãos. Em tempos remotos era levado ao bispo da diocese um cabaz de laranjas como símbolo de vassalagem. Atualmente existe ainda uma feira anual - Feira Franca - onde os agricultores apresentam as laranjas a concurso para obtenção de prémios. Neste certame aprecia-se o estado sanitário da casca, a sua espessura, a quantidade de sumo e açúcar. Amares é citada por Henrique de Barros como sendo uma região de produção de muito boa laranja.

Uso: Consumida tal e qual, pode também usar-se para doces, pudins, etc.

Saber fazer: A propagação da árvore Faz-se por enxertia ou por alporque, escolhendo-se para tal as árvores de melhores frutos. A sua colheita vai-se fazendo à medida das necessidades, vendendo-se nas feiras e mercados da região. Pode ainda a fruta ser vendida na árvore, ficando o comprador com a possibilidade de colher a fruta quando entender, no todo ou em parte.

Fonte: Produtos Tradicionais Portugueses, Lisboa, DGDR, 2001