Melão de Almeirim
Descrição: «Melão de Almeirim» / «Melão D’Almeirim» designa o fruto da espécie Cucumis melo L. do grupo Inodorus (melão, melão tardio do tipo tendral).
Este fruto obtido através de sementes regionais que foram melhoradas ao longo dos últimos anos por produtores da área geográfica circunscrita de produção, caracteriza-se por apresentar forma oval, casca intensamente alinhavada de cor esverdeada mesmo quando maduro, peso médio variável entre 2 a 6 kg e de polpa carnuda, sumarenta e doce.

Método de produção: O método de obtenção do «Melão de Almeirim» / «Melão D’Almeirim» exige o saber-fazer dos produtores locais, pelo facto do fruto ser sensível ao calor, as temperaturas elevadas que se fazem sentir na região podem, se não forem tomadas medidas preventivas, danificar o exterior do fruto e o melão ficar chapado, sem qualquer interesse comercial. Por forma a evitar que o fruto fique danificado é necessário tapar o melão com palha.
Esta etapa do processo produtivo, do momento adequado de colocar a palha, evitando quer danificações exteriores por excesso de calor quer o atraso no desenvolvimento do fruto e diminuição da sua doçura por falta de calor e também a forma e a quantidade de colocar a palha envolve o saber-fazer de muitos anos.
 
Delimitação da área geográfica: A área geográfica de produção do «Melão de Almeirim» / «Melão D’Almeirim” está circunscrita ao Concelho de Almeirim, à Freguesia de Muge (Concelho de Salvaterra de Magos) e a Santa Iria da Ribeira de Santarém, antiga freguesia do concelho de Santarém atualmente pertencente à União de Freguesias da Cidade de Santarém.
 
Relação com a área geográfica: A zona de produção do «Melão de Almeirim» / «Melão D’Almeirim» fica situada na Lezíria do Tejo que engloba a totalidade da área de baixa aluvionar do rio Tejo, cujos solos têm grande fertilidade (aluviões do Tejo). O clima é do tipo mediterrânico, apresentando um Verão quente e seco com temperaturas que podem alcançar valores superiores a 40 ºC, o que condiciona a existência de um clima muito específico e característico da área geográfica delimitada. Associado a solos com boa aptidão para o efeito, estão reunidas as condições para a produção de melão de Almeirim de características especificas como é facto de o melão apresentar polpa carnuda, sumarenta e doce.
 
História: A relação do «Melão de Almeirim» / «Melão D’Almeirim» com a sua área geográfica baseia-se também na sua reputação e antiguidade da sua produção, sendo um dos pontos fortes para o turismo gastronómico da região, onde marca presença em diversos eventos gastronómicos e de promoção da região. Representa ainda uma mais-valia para a diversidade do sistema produtivo, com recuperação do património genético e riqueza gerada para os produtores e para a região.
 
 
 
Organismo de controlo e certificação
Kiwa Sativa – Unipessoal, Lda.
 
Plano de controlo
 
Publicações no Jornal Oficial da EU