Pastel de Tentúgal IGP

Descrição: Doce de origem conventual, cuja massa de espessura reduzida (0,06 - 0,15 mm) é obtida a partir da junção de água com farinha e cujo recheio cremoso resulta da mistura de gema e de ovo com uma calda de açúcar. Apresenta-se sob a forma de palito, palito em miniatura, meia-lua e em meia-lua.

Método de produção: O método de produção inclui as seguintes fases: produção da massa, preparação do recheio, armar do pastel, cozedura e arrefecimento.

Características particulares: A especificidade do Pastel de Tentúgal deriva, em primeiro lugar, do método de produção utilizado na obtenção de uma massa delicada e fina com uma espessura que varia entre 0,06 e 0,15mm. Constituída apenas por água e farinha de trigo, esta massa passa por diversas fases onde os rituais de produção assumem uma forte presença até ser esticada pelas mãos das doceiras para conseguirem a espessura desejada. Em segundo lugar, do saber fazer utilizado no manuseamento desta massa é fundamental no armar do pastel do qual resulta um doce onde as finas folhas são colocadas de forma a impermeabilizarem o recheio. Em terceiro lugar, da sua massa tão fina, quase transparente, que em conjunto com o doce de ovos cremoso dá-lhe um aspecto exterior e interior, uma consistência, um sabor e uma textura específicos que o tornam num doce singular.

Área de produção: A área geográfica de produção do Pastel de Tentúgal é circunscrita à vila de Tentúgal e encontra-se delimitada a nascente pela vila da Lamarosa (concelho de Coimbra), a norte pela aldeia da Portela, a poente pela aldeia de Póvoa de Santa Cristina (freguesia de Tentúgal) e pela vila das Meãs (concelho de Montemor-o-Velho) e a sul pela vala real.

História: O Pastel de Tentúgal tem origem no Convento da Nossa Senhora da Natividade pelas mãos das irmãs da Ordem Carmelita que ali viveram entre 1565 e 1898. Desde os finais do século XVI desenvolveu-se naquele convento um saber fazer que deu origem a um doce singular e tal é confirmado por inúmeros registos que se encontram em várias publicações.

Marca de certificação
marca pastel tentugal
Caderno de especificações (pdf)

Área geográfica

Agrupamento de produtores
Associação dos Pasteleiros de Tentúgal

Organismo de controlo e certificação
SATIVA – Desenvolvimento Rural, Lda

Publicações no Jornal Oficial da UE
Regulamento de Execução (UE) 850/2013 da Comissão de 23 de agosto de 2013 – JO L 235/1 de 4.9.2013
Publicação do pedido de registo (2012/C 302/15) – JO C 302/31 de 6.10.2012

Publicação em DR
Aviso (extrato) n.º 8087/2013, de 25.06.2013