Produtos Tradicionais Portugueses

Produtos Tradicionais Portugueses

Pitos de Santa Luzia

Pitos de Santa Luzia

Descrição: Bolos preparados com massa tenra feita com farinha, açúcar, banha, ovo e sal, tendo 6cm de lado, com cerca de 3 cm de altura. Os bolos têm mais ou menos a forma de pirâmide quadrangular ou trouxa da lavadeira, já que são feitos a partir de um quadrado de massa cujas pontas são repuxadas para o centro e para cima. A massa tenra é recheada com doce de abóbora e canela (preparado com abóbora e açúcar, sendo o açúcar metade do peso da abóbora, e condimentado com canela e pimenta).

Região: Norte.

Particularidade: Pequenas trouxas de massa, recheadas com uma mistura de abóbora, açúcar canela e pimenta.

História: É uma receita do antigo Convento de Vila Real. Os Pitos são um doce sazonal que apenas se faz nos últimos três meses do ano, sendo o dia 13 de dezembro, dia de Santa Luzia, o dia de maior comercialização, pois tradicionalmente as raparigas compram os Pitos para oferecer aos rapazes, que no dia de S. Brás lhe devolvem o presente sob a forma de outro doce regional, as Ganchas. Mais do que um doce, os Pitos são um objeto de sedução amorosa. Diz a tradição que quem passa por Vila Real não deve esquecer a deliciosa doçaria: os Pastéis de Toucinho, os Covilhetes e, sobretudo, os Pitos.

Uso: São muito apreciados como guloseima, sendo comidos a qualquer hora do dia.

Saber fazer: Amassa-se a farinha, ovos, banha, leite e fermento muito bem. Deixa-se levedar um pouco. A seguir, coze-se a abóbora, escorre-se muito bem, mistura-se com açúcar em ponto e junta-se canela. Estende-se a massa com cerca de 3 mm de espessura e recortam-se pequenos quadrados. Dentro, e ao centro do quadrado, coloca-se um montinho de doce. Unem-se as quatro pontas do quadrado de modo a formar uma pequena trouxa. Vão a cozer em forno muito quente.

Fonte: Produtos Tradicionais Portugueses, Lisboa, DGDR, 2001