Produtos Tradicionais Portugueses

Produtos Tradicionais Portugueses

Licor de Amora

Licor de Amora

Descrição: Licor de Amora — licor de cor vermelho-arroxeada muito escura, feito com álcool, açúcar e amoras silvestres da região, obedecendo a uma confeção artesanal.
Licor de Tangerina — licor de bonita cor laranja, de sabor característico a tangerina e preparado com álcool, casca de tangerina e açúcar.
Licor de Ananás — licor amarelado, preparado como o de tangerina e com a casca do ananás.
Licor de Maracujá — de confeção análoga ao de amora.

Região: Região Autónoma dos Açores.

Variantes: Licor de Tangerina. Licor de Maracujá. Licor de Ananás.

Particularidade: Licor com cor e sabor característicos do fruto.

História: Carreiro da Costa cita este licor dizendo ser de especial apreço como estimulante. De acordo com a tradição oral, é impensável chegar-se à época das festas natalícias sem que os licores tradicionais estejam prontos para servir aos cantantes de Janeiras (grupos de crianças e jovens que vão de porta em porta cantando as Boas Festas) e às visitas que se recebem por estas alturas.

Uso: Servidos após as refeições como digestivo, ou como estimulante, muito especialmente pelo Natal.

Saber fazer: Colhem-se os frutos que, no caso da amora, se usa tal e qual, ou, para a tangerina e ananás, são descascados e só se aproveitam as cascas. Os frutos ou as cascas são postos de infusão em álcool e açúcar dissolvido em água. Após o tempo devido (para a tangerina é normalmente de 9 dias), a infusão é filtrada, através de um filtro de papel colocado num funil, e engarrafada.

Fonte: Produtos Tradicionais Portugueses, Lisboa, DGDR, 2001