Alho da Graciosa IGP

Descrição: O Alho da Graciosa da espécie Allium sativum L., localizado exclusivamente na ilha Graciosa, tem como principais características:
- Textura firme e macia;
- Sabor muito agradável e de alta intensidade que deixa um gosto residual ligeiramente persistente;
- Cheiro de média-baixa intensidade (sem ser amassado);
- Diâmetro da cabeça do alho maior que 3 cm;
- Cor das túnicas dos dentes: rosa avermelhado;
- Apresenta altos valores de Zinco (maiores que 7 mg / kg), Ferro (maiores que 8 mg / kg); Magnésio (maior que 170 mg / kg) e Alicina (maior que 3500 mg / kg).

Método de produção: Para a produção do Alho da Graciosa são seleccionadas áreas com boa exposição solar e ao abrigo dos fortes ventos dominantes. O solo é preparado no início do outono e são selecionados os melhores alhos das cultivares da ilha Graciosa, ou seja, cabeças sãs, isentas de pragas e doenças, com os maiores dentes exteriores e uma cor rosa avermelhada. O plantio é realizado principalmente nos meses de dezembro e janeiro. A colheita ocorre quando a folhagem está seca, o que geralmente ocorre durante o mês de junho. As plantas podem secar, expostas ao sol, por dois ou três dias, quando as condições climáticas permitirem. Também podem ser secos em feixes (plantas inteiras entrelaçadas com bulbos) em área coberta.

Particularidades : O Alho da Graciosa é muito utilizado na gastronomia dos Açores e da Ilha Graciosa, pois além do sabor e aroma inconfundíveis, é usado como conservante alimentar devido à concentração de alicina.

Área de produção: A área geográfica de produção do “Alho da Graciosa”, é a ilha da Graciosa, no arquipélago dos Açores.

História: O alho tem sido implantado com sucesso na ilha da Graciosa, desde a chegada dos primeiros colonos no início do século XV, devido às condições edafoclimáticas favoráveis ​​ao seu cultivo. De geração em geração, o Alho da Graciosa tem sido aprimorado, pois os produtores mantêm os melhores exemplares para propagação e aqueles que preservam as principais características, como cor e tamanho. Desde o início do povoamento, o regime de chuvas e a fertilidade do solo determináveis-se favoráveis ​​ao cultivo de produtos hortícolas, sendo o alho pelos próprios habitantes da ilha. A Graciosa sempre foi conhecida como a “Terra do Alho”, sendo este produto um destaque no brasão da freguesia de São Mateus.

Especificação do produto (pdf)

Grupo de produtores
Adega e Cooperativa Agrícola da Ilha da Graciosa, CRL

Organismo de Controle e Certificação
IAMA, IPR. - Instituto de Alimentação e Mercados Agrícolas

Publicação em jornal oficial da UE
Documento Único (2021 / C 311/08) - 03.08.2021

Publicação em jornal oficial português
Despacho n.º 2/2020 / A - 12.05.2020